Entenda o diagnóstico de Hipertensão Arterial em cães – Minassal Distribuidora

hipertensão arterial em cães

Nos últimos anos tem se falado cada vez mais sobre os riscos da hipertensão arterial e como a alimentação balanceada e a prática frequente de exercícios físicos podem contribuir para a redução dos casos. Mas você sabia que não só os humanos sofrem com este problema, mas que também existe hipertensão arterial em cães?

Se você ainda não sabia disso e ficou curioso sobre como identificar e qual o melhor tratamento, neste conteúdo trouxemos informações válidas que vão te ajudar a cuidar da saúde do seu peludinho. Confira!

Hipertensão arterial em cães: o que é isso?

A hipertensão arterial, também conhecida como pressão alta elevada, é um quadro clínico em que o paciente apresenta sinais de que a pressão do fluxo sanguíneo contra as artérias é excessiva. A forma mais fácil de identificar se a pressão está alta é aferindo-a através de um aparelho especial, mas nem sempre esse problema de saúde demonstra sinais evidentes logo no começo.

A hipertensão arterial não tem cura, mas pode ser controlada, principalmente em casos mais leves. Isso porque a causa da pressão alta geralmente está ligada a fatores como gordura corporal e no sangue excessivas, problemas cardíacos ou mesmo condições psicológicas. É muito comum perceber, em animais sob estado constante de estresse e ansiedade, aumento significativo na pressão arterial.

Em praticamente todos os casos o controle da hipertensão arterial pode ser feito através de medicamentos, e todos os veterinários recomendam uma reeducação alimentar aliada à prática frequente de exercícios físicos. É claro que cada quadro clínico é único, e sofrerá variação de acordo com o paciente. Por isso, é essencial que o tutor agende imediatamente uma consulta ao veterinário logo que notar os primeiros sinais.

Mas como identificar se seu cãozinho sofre com hipertensão arterial? Veja abaixo:

Hipertensão arterial em cães: diagnóstico

Um ponto importante a se levar em consideração é que a pressão alta em cães nem sempre apresenta sintomas logo no início. Por isso é necessário que seu peludinho esteja em dia com as consultas ao veterinário. Isso porque nem sempre a hipertensão arterial pode ser identificada logo no início, muitas vezes os testes precisam ser repetidos até que se tenha certeza que o aumento na pressão não foi causado por qualquer situação pontual.

Outra questão a ser considerada é que a hipertensão arterial canina também pode ser desencadeada por outros problemas de saúde, como os cardíacos e renais. Por isso as consultas e exames frequentes garantem que qualquer problema de saúde seja identificado logo no início, sem gerar maiores complicações ao seu amigo de quatro patas.

Se seu pet não apresenta qualquer sintoma ou sinal de anomalia, basta manter o acompanhamento adequado com o veterinário e realizar todos os exames periódicos. Isso garante que qualquer problema de saúde do seu peludinho será descoberto com muita antecedência e as chances de recuperação são bem maiores.

Qual o melhor tratamento para hipertensão arterial em cães?

O tratamento pode variar de acordo com o quadro clínico do pet. Se a pressão alta for causada por outros problemas de saúde, é aí que o veterinário responsável focará todo o tratamento. Resolvendo a causa do problema, é bem provável que os sintomas desapareçam em pouco tempo.

Mas se a hipertensão arterial for a única responsável pelo surgimento de outros problemas de saúde, então o médico veterinário fará uma avaliação do grau da hipertensão e recomendará o melhor tratamento, que geralmente consiste em medicamentos e outras terapias alternativas.

Outras opções naturais que podem acompanhar o tratamento da hipertensão arterial em cães são os exercícios físicos, a acupuntura, o uso de óleos essenciais e, claro, a reeducação alimentar.

Gostou de nossas dicas? Então leia também: Síndrome de Ansiedade Canina: descubra as principais causas e como prevenir