Qual a diferença entre ração, suplemento e medicamento? – Minassal Distribuidora

Qual a diferença entre ração, suplemento e medicamento?

Se você é tutor de pet, com toda certeza quer tudo do bom e do melhor para o seu bichinho. Sempre comprando as melhores rações, entre outras vitaminas, para manter seus companheiros saudáveis. Mas com tantas marcas no mercado pet já deve ter batido aquela dúvida sobre qual a diferença entre ração, suplemento e medicamento?

Realmente essa é uma dúvida que pode surgir não só para aqueles que acabaram de trazer o seu amiguinho para casa, mas também para os tutores que já possuem seu bichinho por um tempo e querem melhorar sua saúde. Isso demonstra o quanto você se importa com a saúde e o bem-estar deles. 

Saber qual é a diferença entre ração, suplemento e medicamento é importante, pois isso ajudará na hora de comprar os melhores produtos no mercado. Assim, quando você adquirir algum produto no pet shop, você não levará para casa algo que não precisa. Por isso é necessário que, junto ao veterinário, vocês escolham qual produto trará o melhor custo-benefício para você e o seu pet.

Diferença entre ração, suplemento e medicamento:

Ração

Destinada à alimentação dos animais, a ração nada mais é do que a comida regular dos pets. As rações de qualidade fornecem uma dieta nutritiva para os animais, assim colaborando para o seu desenvolvimento saudável. Algumas delas até ajudam o bichinho a manter o peso, que pode aumentar bastante, especialmente após a castração.

Por essas razões, é essencial conhecer os principais aspectos do alimento que você está comprando. Na próxima consulta com o veterinário, pergunte qual é o melhor tipo de ração para o seu animal. Caso precise fazer alguma alteração, peça uma recomendação de marca de qualidade.

Não se esqueça também que as necessidades nutricionais podem variar de acordo com a raça, porte e idade do seu peludinho. Por isso é muito importante verificar já na embalagem da ração se o produto atenderá bem a dieta do seu pet.

Suplemento

Se você procurar a definição da palavra suplemento, irá encontrar que a palavra deriva do verbo suprir; ou seja, que serve para complementar uma falta.

E é isso mesmo que o suplemento faz; esse composto oferece uma série de vitaminas que proporcionam uma alimentação mais rica e balanceada. Dessa forma, suprindo qualquer deficiência de minerais e nutrientes.

Antes que você compre qualquer suplemento, leve o seu pet ao veterinário. Através de exames, o profissional saberá quais vitaminas precisam ser repostas. Assim, você saberá exatamente qual suplemento comprar e também a frequência que deverá ser ofertado ao peludinho.

Além do mais, cada fase da vida do pet irá demandar um suplemento diferente; as vitaminas que um filhote precisa são bem diferentes de um adulto, que por sua vez diferem de um idoso.

Medicamento

Da mesma forma que a medicação humana contém propriedades preventivas e curativas, os remédios para animais possuem as mesmas funções.

Os medicamentos podem combater dores como os anti-inflamatórios; ou até mesmo serem profiláticos como os antiparasitários, que evitam tanto os parasitas internos, como externos. Existem também linhas veterinárias de ração para problemas específicos ou antialérgicos, que também precisam ser receitados ou recomendados por um profissional.

Porém, qualquer que seja o medicamento, é fundamental que você só ministre o medicamento após a consulta com o veterinário.

Para ministrar o medicamento, se for um comprimido, a maneira mais fácil é escondê-lo na comida. (colocar misturado num sachê costuma ser um método bem eficaz) Porém, é preciso ficar de olho para garantir que eles realmente ingeriram o medicamento.

Uma outra forma de dar o remédio comprimido, é segurando a cabeça do pet para cima com uma mão, o suficiente para ele abrir a boca; com a outra, coloque o medicamento na boca do animal. Depois de fechar, mantenha a cabeça erguida para que ele não devolva o comprimido. Logo após, faça massagem na garganta até sentir que ele engoliu.

Agora que você já sabe a diferença entre ração, suplemento e medicamento e para o que cada um serve, é hora de passar com veterinário e comprar o que o seu companheiro (ou companheiros!) precisa.

Leia também: Estímulos para uma boa saúde mental do pet

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.